quinta-feira, 25 de março de 2010

SÓ HOJE!

SÓ HOJE!




   A gente tem que aprender todos os dias, pois a cada manhã, assim como se renovam as esperanças, também se renovam os desafios, e como diz o poeta: “nada do que foi será”. Um dos maiores desafios de cada dia é sem dúvida nenhuma o de renovar nossa aliança com Deus e manter-nos fiel, pelo menos por mais um dia.

   Por mais um dia apesar do enfado; por mais um dia apesar da dor; por mais um dia apesar das lutas; por mais um dia apesar das perdas; por mais um dia apesar das dúvidas; por mais um dia apesar das lágrimas; por mais um dia apesar das injustiças; por mais um dia apesar da hipocrisia; por mais um dia apesar dos sofismas; por mais um dia apesar dos loucos; por mais um dia apesar dos tolos; por mais um dia apesar da estultícia; por mais um dia apesar da barbárie; por mais um dia apesar das traições; por mais um dia apesar das perseguições; por mais um dia APESAR DE NÓS MESMOS!

   Sim, porque para vencer este novo dia é extremamente necessário que vençamos o nosso eu interior, que enterremos nossas certezas e achismos e deleguemos a Deus a condução de nossa nave pela travessia do dia. É de suma importância que o piloto seja Ele, já que existem dias que demoram anos-luz para passar, enquanto outros duram o tempo de uma piscadela!

Assim, quando acordamos e entregamos nossa vida em Suas mãos, somos como o alcoólatra que fica livre do vício até que não prove o primeiro gole. O pecado está a porta, a bandeja está servida, mas temos o livre arbítrio de continuarmos alvos como a neve ou provando dos manjares e bebendo mais um gole em cada esquina.

   Só uma fatia de adultério, um pequeno gole de mentira; uma lasquinha de ódio; um bocadinho só de ressentimento (“me magoei muito, estou deprimido...”); uma pequena porção de sobremesa de não perdão (“afinal o erro foi gravíssimo, isso só Deus pode perdoar!”); um sorvetinho de luxúria; talvez até um quindim de raiva contida (não vou bater nele, ah mas que merecia, isso merecia...).

   É assim que perdemos o dia, é assim que enterramos nossos talentos, é assim que morremos para nós mesmos e viramos as costas para Deus. É assim que estragamos uma manhã que nasceu perfeita e que poderia ter se tornado um grande dia de vitória. Não perdemos para o diabo, não perdemos para o mundo; perdemos para nós mesmos ao usarmos mal a liberdade que Deus nos dá todas as manhãs.

 Só hoje, vamos acertar, eu e você, que seremos fiéis ao Senhor; que só hoje faremos a vontade do Pai. Amanhã eu volto para renovar este convite, espero que você esteja na vertical para prometer comigo!

ISAIAS 45, 2-3

Um comentário:

Evinete disse...

PARABÉNS ARI! DEUS CONTINUE TE USANDO ASSIM A CADA DIA...REALMENTE UMA PALAVRA QUE VEIO DO CORAÇÃO DE DEUS AO SEU CORAÇÃO.