quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

O DONO DA FESTA - PR ARI PINHEIRO

O DONO DA FESTA
Mais uma vez, como todos os anos, minha fé é confrontada com as festas natalinas, e me sinto frustrado com o ser humano.


O frenesi que toma conta do inconsciente coletivo nesta época do ano é de arrepiar. Não se consegue andar direito nos shoppings, as filas nas lojas de departamentos são intermináveis e as pessoas disputam luzes, guirlandas e presentes como se o armagedom fosse no outro dia.


Nas fachadas, nas sacadas, nas vitrines e até mesmo no coração das crianças há um velhino com vestimenta de gosto duvidoso ocupando o lugar que devia ser do dono da festa. Papai Noel (e me perdoem escrever este nome com letra maiúscula, mas é só para chamar a atenção mesmo), ele tomou o lugar de Jesus Cristo, não só nas propagandas consumistas do terceiro milênio, mas também nop corações empedernidos de uma sociedade que entende Jesus como uma figura de retórica, como um bem de consumo que pode ser lembrado em cruscifixo na sala, ou no sinal da cruz após uma reza qualquer, feita mais por hábito do que por amor.


Mais uma vez serão servidos perús, rabanadas e outro quitutes nas ceias nababescas que acontecerão até mesmo na casa de muitos cristãos “fervorosos”, enquanto as igrejas estarão vazias, silenciosas como sepulcros, carentes de uma prece sincera rasgando o céu e o coração de Deus.


O dono da festa estará chorando mais uma vez com tanto desprezo recebido em seu aniversário, pois até mesmo nos enfeites, os presépios perdem de longe para a figura do “bom velhinho”, mais um embuste satânico para tentar empanar o brilho do supremo sacrifício do calvário. Um dia Deus se fez homem e caminhou entre nós, alguém convencionou que 25 de Dezembro seria a data de seu aniversário, mas um penetra entrou pela chaminé da lareira e tomou conta das famílias, deixando para o dono da festa um cantinho embaixo da árvore de Ninrode, num presépio que a maioria das pessoas nem entende direito porque que existe.


Que Deus nos perdoe pelo tamanho da heresia que cometemos todos os anos, e nos permita viver para ver Jesus Cristo voltando para buscar aqueles que não se dobraram a Baal. E que possamos estar nesse arrebatamento, e não numa festa para um velho barrigudo que sequer faz a barba no natal. Viva o dono da festa, JESUS CRISTO, O REI DOS REIS!

sábado, 30 de outubro de 2010

FARÓIS - Ari Pinheiro


(Foto: Ari Pinheiro)

EM PLENO MAR PROCELOSO
ENTRE RAIOS E VAGALHÕES
NO OCEANO DAS EMOÇÕES
COM MEU CORAÇÃO RESSENTIDO
NAVE DE LEME PARTIDO
ENTRE ONDAS COLOSSAIS
PRONTA A IR A PIQUE
JUNTO AOS SERES ABISSAIS...


ESTE ERA EU NAVEGANDO
E JÁ QUASE NAUFRAGANDO
NO ABISMO DA SOLIDÃO
QUANDO ENTRE AS ONDAS FURIOSAS
VI DOIS FAROIS RELUZENTES
VI DOIS LUMES DIFERENTES
ME INDICANDO A DIREÇÃO...


ESQUECI AS VAGAS FREMENTES
IGNOREI OS PERIGOS
DECIDI SEGUIR CONTIGO
PARA A PRAIA LOGO ADIANTE
HOJE DESCANSO CONFIANTE
EM TEU COLO, MEU ABRIGO
JÁ NÃO VAGO MAIS ERRANTE
POIS TEU LUME ME CONDUZ
MINHA ROTA É DIFERENTE
E OS DOIS FARÓIS RELUZENTES
SÃO OS OLHOS DE JESUS!!!

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Como você usa a net?

Esta quarta-feira, 27.10.2010, eu ia ao culto na Ig batista palavra Viva, onde congrego nos Ingleses. Como cheguei cedo, fui ver meus emails e tinha um recado no Orkut de uma amiga de Ivoti, que me adicionou porque gosta de poesia, e como todos sabem, sou poeta, pela misericórdia de Deus. Há algum tempo que a gente coversa sobre poesia e sobre coisas triviais do dia a dia, mas hoje, tudo foi muito difernte. O resultado você pode acompanhar nesta cópia fiel de nossa conversa na net!



Sandra: tenho certeza de uma coisa, que seremos bons amigos
disso não tenho a menor dúvida pois vc é muito especial

eu: amigos também dizem eu te amo!
Sandra: verdade!!!

a única pessoa pra quem eu consigo dizer eu te amo é pra minha filha

acho que é muito forte, tem que vir do fundo do coração, ser sincero

eu: Mas Deus manda amar até mesmo os inimigos
Lembra do mandamento mais importante?
Amarás o Senhor teu Deus acima de todas as coisas e ao teu próximo como a ti mesmo
Sandra: eu sei, mas é um bloqueio que tenho, com certeza amo a Deus sobre todas as coisas
gosto demais de todos que me cercam, mas pra mim é dificil dizer eu te amo

eu: A ficha número um de nossa vida tem que ser Deus, mas sem amar ao próximo de verdade, com paixão e misericórdia não estamos fazendo a vontade de Deus
nem sequer amando Ele pois amar a Deus é amar ao próximo como a nós mesmo
Deus está presente no irmão, no mendigo
na pássaro, naquele que nos atira pedras
todas são obras de suas mãos e temos de amá-los para amar a Deus
sob o perigo de passarmos por mentirosos
acho que vc arrumou um amigo meio chato

Sandra: como eu te disse amo ao meu proximo só não consigo falar au te amo, mas com certeza estou sempre demonstrando e dar o melhor de mim pra quem precisar

não acho chato, gosto muito de conversar sobre isso
tenho sede e fome dessas informações

Enviado às 20:14 de quarta-feira
eu: Vamos fazer um teste de resistência. Amanhã, do nada, vc encontra a Tanara, olha nos olhos dela e diz EU TE AMO AMIGA! Depois me manda uma mensagem me dizendo o que aconteceu
Com uma amiga sempre é mais fácil para começar

Sandra: e com certeza amo muito ela

eu: Tente dizer isso olhando nos olhos dela
vc vai sentir a diferença


Sandra: hoje mesmo ela veio me dar um abraço e agradecer por eu ter aberto a ela as portas lá na empresa vou tentar

vc é demais

eu: Quando ela te retribuir o abraço de TE AMO, vc se sentirá abraçada por Deus, ou troco de nome!
ok?

Sandra: certo, vou tentar mas só de pensar já estou emocionada e chorando
o q ela vai pensar disso???

Enviado às 20:19 de quarta-feira
Sandra: sou uma manteiga derretida, só pra vc ter uma idéia sempre choro quando vou a missa, quando canto na igreja, imagina dizendo isso a ela


eu: Diga apenas que um enviado de Deus te deu um recadinho e vc despertou!!!

Sandra: obrigado de coração

eu: vc descobriu a terapia do amor gratuíto, aquele incondicional
que está escrito em I Coríntios 13

Sandra: é possível alguem não gostar de alguém como vc???
dúvido

eu: pq?

Sandra: nossa vc não imagina o bem que está me fazendo
eu: minha missão é fazer pessoas mais felizes com o que elas já tem dentro delas
mostrar que elas não precisam ir atrás de nada para ser feliz, pois para quem faz a vontade de Deus
as Bênçãos correm ao encontro, e não o contrário

Sandra: ia no culto hoje com minha cunhada e desisti, fiquei me culpando por isso, mas agora entendi o porque

eu: Deus agenda os encontros
quando Ele quer alguém, usa outro alguém como isca
e fisga logo de cara!

Sandra: com certeza esta conseguindo

eu: hehehehe
Sandra: acho q vc deve ser um anjo enviado por ele
EU TE AMO!!!!!!!!!!
viu, eu consegui!!

eu: hehehe, fácil não? só um pouquinho, já volto

Enviado às 20:28 de quarta-feira


eu: BUSCA
Pr. Ari Pinheiro


Busquei-te tanto, tanto
Até na luz do amanhecer
Mas a nuvem outonal
Fez o brilho esmaecer
Procurei-te nas cascatas
Que as represas sepultaram
Busquei-te nas chuvas de abril
Que os sóis de maio levaram...


Fui te procurar nos campos
Por restingas e capões
Busquei-te nas casas grandes
Nas prosas junto aos fogões
Não estavas nas varandas
Não estavas nas soleiras
Não estavas no riacho
Que fica além da porteira...


Busquei-te nas bibliotecas
Nos livros de letras frias
E descobri que não vives
Entre palavras vazias
Libertei-me das paredes
Calcei asas sobranceiras
Fui te buscar nas alturas
No cume das cordilheiras


Mas não estavas no monte
De florestas boreais
E nem sequer entre a fauna
Que habita os pinheirais
Não estavas nos abismos
Dos mares eras ausente
Não te achei em toda a terra
Apesar de onipresente!


Ao regressar da jornada
Mergulhado em frustração
Fui meditar em silêncio
Na sala do coração
Foi ali que descobri
Que a busca chegara ao fim
Pois Deus que eu buscava fora
Morava dentro de mim!!!



Enviado às 20:30 de quarta-feira
eu: E aí?


Sandra: muito linda!!! e a mais pura verdade


eu: mandei ela pro teu email
vários dos meus amigos no orkut tem esta poesia no perfil deles, é minha maneira de evangelizar
sem ser muito chato

Sandra: muito, mas muito obrigado!

eu: agradecendo o quê?

Sandra: pelo bem que vc esta me fazendo
Enviado às 20:36 de quarta-feira

Sandra: quero muito buscar a Deus, ter mais conhecimento e não sei aonde buscar

eu: Fique tranquila, Ele está dentro de vc agora, e está vendo seu empenho...
As pessoas nos ensinam a ser religiosos, mas amar a Deus está acima da relifião
religião. amar a Deus é fazer do próprio corpo um templo de adoração
é fazer da própria vida um testemunho

Sandra: como te falei sou catolica, e não aprendi nada na igreja a não ser aquelas orações prontas
Enviado às 20:39 de quarta-feira
Sandra: aprendi muito mais com uma colega de trabalho em pouco tempo do que todos esses anos na igreja

eu: Vc que receber Deus de verdade?

Sandra: mais do que tudo

eu: Então repete comigo, mas escreve aí também...
Senhor Jesus

Sandra: senhor jesus

eu: Eu reconheço que sou falha e pecadora

Sandra: eu reconheço que sou falha e pecadora

eu: mas hoje
eu descobri algo maravilhoso

Sandra: mas hoje eu descobri algo maravilhoso

eu: que tu és o único elo de ligação entre eu e o Pai

Sandra: que tu és o único elo de ligação entre eu e o Pai

eu: E eu te aceito, como único, suficiente e definitivo Salvador de minha alma!

Sandra: E eu te aceito, como único, suficiente e definitivo Salvador de minha alma!

eu: Perdoa minhas faltas, lava minhas vestes e me faz ovelha do teu pasto!

Sandra: Perdoa minha faltas, lava minhas vestes e me faz ovelha do teu pasto!

eu: Amém!

Sandra: Amém!

eu: Querida, como vc está se sentindo agora?

Sandra: muito bem e emocionada, passou um filme da minha vida durante a oração
estou muito emocionada

eu: Ivoti não será mais a mesma cidade
vc verá ela com novas cores agora
tudo o que era velho passou
eis que tudo se faz novo
Enviado às 20:49 de quarta-feira

Sandra: não tenho palavras pra te agradecer, pode ter certeza que vc me fez um bem enorme
que Deus te abençoe muito!!!

eu: Sandra, agradeça a Deus, Ele me usa, sou apenas um instrumento em Suas mãos.
Esqueça tudo, santos, ladainhas e etc, agora vc tem um canal de ligação direta com Deus. Nosso encontro com Ele é vertical, Jesus pagou o preço na cruz e a salvação é gratuíta para todos aqueles que aceitam Jesus, assim como vc fez esta noite!

Sandra: agora tenho mais um motivo para agradecer a ele, agradeço sempre por tudo
depois que aprendi a agradecer minha vida mudou muito
e tenho certeza que apartir de hoje vai mudar mais ainda

eu: com certeza
porque Ele quer assim
e vc também quis
usou seu livre arbítrio para escolher o melhor
Deus não vai se esquecer disso nunca

Sandra: E vc que ia assistir ao culto?

eu: ganhei muito mais esta noite
exercitei meu templo interior para ganhar mais uma alma para Deus

Sandra: acabou trazendo uma ovelha perdida para o rebanho


eu: É o que eu te falava sobre testemunho de vida não importa o que os outros digam
minha consciência tem um peso maior que a opinião do mundo inteiro
Procuro dar primazia para Deus sempre em qualquer ocasião


Sandra: te admiro muito por isso mesmo passando por várias provações não deixa nada abalar sua fé um dia tenho certeza q vou conseguir isso

eu: tenho certeza absoluta
O mesmo deus que livrou Daniel da Cova dos Leões, que livrou Paulo e Silas da prisão, Ele mesmo vai confirmar isso em tua vida, pois Suas palavras nunca voltam vazias!
Sandra: amém

eu: Sandra, querida, copia esta conversa e salva ela no teu PC, um dia ela te servirá de testemunho para ganhar alguém para Jesus
e grande será teu galardão nos céus!
Enviado às 21:02 de quarta-feira

Sandra: com certeza, já está gravada no meu coração, mas vou salvar no pc para servir de testemunho e espero poder ajudar muitas pessoas com isso.

eu: isso mesmo foi com certeza a melhor conversa de internet que já tive nos últimos tempos, e justamente no meio da maior provação de minha vida. Deus é fiel!!!
Enviado às 21:05 de quarta-feira

Sandra: A Tanara com certeza também está precisando muito de orientação e vou fazer de tudo para ajudar ela, depois dessa conversa tenho certeza que na hora vou encontrar as palavras certas para ajuda-la

eu: Comece dizendo EU TE AMO, o resto vai ser moleza! Deus é contigo!


Sandra: quanto a sua provação tenho certeza que Deus não te abandonará, e vai estar do teu lado sempre, amanhã mesmo vou fazer isso depois te conto o q aconteceu, preciso dizer isso a meus pais, isso vai ser mais difícil, amo muito eles, mas nunca disse isso


eu: é, e isso faz toda a diferença

Sandra: meu anjo, a Milena quer dormir e ela não dorme se eu não fizer um carinho.

eu: Amém, também vou para casa, que Deus te abençoe e te guarde!
Bjs!

Sandra: Jamais vou esquecer esta conversa que tivemos, agora mais do que nunca vc tem um lugar especial no meu coração.
Vai com Deus!!!

Bjs
eu: vc fica com Ele! Que o amor do Pai, a graça do Filho e a consolação do Espírito Santo nunca se afaste do teu coração!
Boa noite!

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

DAS REFLEXÕES DE UMA PAIXÃO – Ari Pinheiro



Há muitas luas que eu te amo...
Há muitas luas que venho te observando de longe,
De perto, ao redor de ti...


Malgrado os dias em que acordas
De mau humor e sequer lembras
Que eu existo, sigo fiel e insisto
No meu amor incondicional
De muitas luas, tantas luas...


Sabes... teve um dia
Quando ainda eras semente pequenina
No ventre de tua mãe e ela cogitou
A idéia de não nasceres...
Lembro que sofri, chorei de dor,
Pois desde lá eu já te amava,
Te queria e te desejava
Com uma paixão que só os anjos conhecem...


Há muitas luas que eu te amo
E te dedico o melhor de mim...
Quantas vezes velei teu sono
E quando tinhas sonhos ruins
Procurava te presentear
Com um amanhecer dourado
Que muitas vezes nem vias...


Houve um dia em que caíste
Ralaste o joelho... lembro que senti
A mesma dor que tu... Noutro tempo
Tiveste a primeira desilusão de amor, e eu,
Que sofro isso todos os dias;
Chorei todas as tuas lágrimas
E me escondi contigo quando fostes
Soluçar a sós no quintal...


E hoje, quando olhas para cima
E perguntas aos céus se eu existo
Posso te responder com a mesma serenidade
De quem sempre esteve o teu lado...


Há muitas luas que eu te amo;
Há muitas luas que eu te quero;
Há muitas luas que ressuscitei por ti...
Sou Jesus Cristo, filho de Deus
E há muitas luas que te esperava...


Porque eu te amo incondicionalmente,
Há muitas luas, há muitas luas!!!

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

AO MEU AMIGO/IRMÃO JOÃO BATISTA

AO MEU AMIGO/IRMÃO JOÃO BATISTA


João Batista, evangelista
Homem todo coração
João, um irmão, amigo de valor
Sorriso largo de chegada
Braços de abraçar sempre
Mãos de curar e tirar a dor
João tinha muitos sonhos
E por isso sonhador...
João, o marido da Bia
Seu grande sonho de amor!!!


Incompreendido por muitos
que não entendiam sua dor
Frente às injustiças
Que o fizeram sofredor
Mas que foram alicerce
Para formar o vencedor
Que hoje descansa sereno
Nos braços de Nosso Senhor!




Foi morar no céu o João
Meu irmão, marido da Bia
Em mim aumentou o vazio
Que há muito tempo eu sentia
Pois tua partida me mostrou
Que eu te amava
Muito mais do que eu sabia!!!

domingo, 11 de julho de 2010

domingo, 27 de junho de 2010

ESTOU MUDANDO, ESTOU MUDADO!

RADICALIZEI PORQUE QUERO SUBIR - Leia até o final, por favor; inclusive o poema!

Durante algum tempo fui um cristão equivocado. Fiz muitas concessões ao inimigo durante minha jornada, fui esnobe e soberbo por muitas vezes, achando-me o dono da verdade. Achava que isto e aquilo não fazia mal, que podia ser um cristão "mente aberta" e assim conquistar mais almas para Cristo. Eu estava errado, ganhei muitos membros para muitas igrejas, com certeza; mas não sei quantos eu realmente enderecei aos apriscos do Senhor.
Perdi pessoas que eu amava, perdi coisas que eu amava, e só não perdi a salvação porque Jesus em sua infinita misericórdia me estendeu a sua mão, num gesto maravilhoso de amor que só encontramos Nele.
Esta semana tive um encontro com Deus na madrugada, e ele me mostrou onde eu havia errado, ponto por ponto, colocou azeite em cada ferida e me disse que antes que a humanidade se dê conta seu filho romperá as nuvens com poder e glória para buscar um povo santo, zeloso e de boas obras.
Só então me dei conta da importância desta afirmativa que eu mesmo fiz centenas de vezes em minhas pregações, e que funcionava bem como retórica, mas já havia virado lugar comum para a maioria dos ouvintes.

Estou mudando, estou mudado. Nada mais que não seja para louvar o nome de Deus há de invadir minha mente, meus olhos ou meus ouvidos. Preciso recuperar o tempo perdido, preciso colocar minha casa em ordem porque assim como foi predita a morte de Ezequias, assim está prestes a vinda do Mestre. O profeta ainda não saiu do pátio, mas Deus já ouviu o meu clamor, não sei se o profeta voltará com outra notícia, mas estou pronto para a missão. Quero que minha vida e minhas atitudes louvem o nome de Deus, cantem sua glória e sua majestade, e que não as minhas palavras, mas o meu testemunho sirva para conduzir almas à Deus e não simplesmente aos salões das igrejas! Amém, ora vem Senhor Jesus!!!




BUSCA - Ari Pinheiro


Busquei-te tanto, tanto
Até na luz do amanhecer
Mas a nuvem outonal
Fez o brilho esmaecer
Procurei-te nas cascatas
Que as represas sepultaram
Busquei-te nas chuvas de abril
Que os sóis de maio levaram...


Fui te procurar nos campos
Por restingas e capões
Busquei-te nas casas grandes
Nas prosas junto aos fogões
Não estavas nas varandas
Não estavas nas soleiras
Não estavas no riacho
Que fica além da porteira...


Busquei-te nas bibliotecas
Nos livros de letras frias
E descobri que não vives
Entre palavras vazias
Libertei-me das paredes
Calcei asas sobranceiras
Fui te buscar nas alturas
No cume das cordilheiras






Mas não estavas no monte
De florestas boreais
E nem sequer entre a fauna
Que habita os pinheirais
Não estavas nos abismos
Dos mares eras ausente
Não te achei em toda a terra
Apesar de onipresente!


Ao regressar da jornada
Mergulhado em frustração
Fui meditar em silêncio
Na sala do coração
Foi ali que descobri
Que a busca chegara ao fim
Pois Deus que eu buscava fora
Morava dentro de mim!!!

sexta-feira, 25 de junho de 2010

CLASSIFICADOS NA ESTÂNCIA DA POESIA


Resultado do Concurso de Poesias organizado pela Estância da Poesia Crioula em comemoração ao 54º Rodeio de Poetas Crioulos do Rio Grande do Sul.




As modalidades do Concurso eram “Exaltando o Rio Grande” e “Rio Grande Lírico”. A responsabilidade da avaliação esteve ao cargo dos poetas Luiz Alberto Ibarra, Sidnei Azambuja e Cândido Brasil. As poesias classificadas em quarto e quinto lugares de cada modalidade serão agraciadas com um belo diploma de honra ao mérito. Os primeiros, segundos e terceiros lugares serão premiados com o Troféu Lanceiro Negro, concebido pelo artesão gaúcho Hidalgo Afonso Adams.





Modalidade “Exaltando o Rio Grande”


1º Lugar: Quando Um Gaúcho Canta o Campo – de Ari Pinheiro, Florianópolis, SC.


2º Lugar: Retrato Fiel de Um Gaúcho – de Jurema Chaves, São Leopoldo, RS.


3º Lugar: Alma Fronteiriça – de Agenor de Mello Coelho, São Lourenço do Sul, RS.


4º Lugar: Ausência – de Rodrigo Canani Medeiros, Porto Alegre, RS.


5º Lugar: Tropeiro – de Ruth Ferreira Manique, São Francisco de Paula, RS.


Modalidade “Rio Grande Lírico”


1º Lugar: Para Todo o Sempre – de Jurema Chaves, São Leopoldo, RS.


2º Lugar: Na Taça do Teu Umbigo – de Ari Pinheiro, Florianópolis, SC.


3º Lugar: Tapera – de Ruth Manique, São Francisco de Paula, RS.


4º Lugar: Entre o Amor e a Cruz – de Áurea Rosângela da Rosa, Farroupilha, RS.


5º Lugar: Ode ás Mães – de Maria Beck, Porto Alegre, RS.

sexta-feira, 21 de maio de 2010

A MENSAGEM DA CRUZ

Mais perto

http://www.youtube.com/watch?v=V_RfWCNc9jo

BUSCA

BUSCA – Pr Ari Pinheiro


Busquei-te tanto, tanto
Até na luz do amanhecer
Mas a nuvem outonal
Fez o brilho esmaecer
Procurei-te nas cascatas
Que as represas sepultaram
Busquei-te nas chuvas de abril
Que os sóis de maio levaram...


Fui te procurar nos campos
Por restingas e capões
Busquei-te nas casas grandes
Nas prosas junto aos fogões
Não estavas nas varandas
Não estavas nas soleiras
Não estavas no riacho
Que fica além da porteira...

Busquei-te nas bibliotecas
Nos livros de letras frias
E descobri que não vives
Entre palavras vazias
Libertei-me das paredes
Calcei asas sobranceiras
Fui te buscar nas alturas
No cume das cordilheiras


Mas não estavas no monte
De florestas boreais
E nem sequer entre a fauna
Que habita os pinheirais
Não estavas nos abismos
Dos mares eras ausente
Não te achei em toda a terra
Apesar de onipresente!

Ao regressar da jornada
Mergulhado em frustração
Fui meditar em silêncio
Na sala do coração
Foi ali que descobri
Que a busca chegara ao fim
Pois Deus que eu buscava fora
Morava dentro de mim!!!

A IGREJA QUE TEMOS E A IGREJA QUE QUEREMOS

Hoje temos uma igreja centrada em administrar o imenso patrimônio amealhado ao longo dos últimos cem anos. É uma herança de prédios em todos os município do Brasil, senão em todos, na grande maioria. Quando falo igreja, falo na Igreja de Cristo, que vai bem além das denominações que proliferam por aí. Falo dos membros que congregam em cada uma destas denominações.

Cada uma delas requer para si o direito de ser a “igreja verdadeira”, a que tem os melhores costumes, a melhor doutrina, os melhores cantores, os maiores pregadores e etc; quando sabemos que a igreja verdadeira é aquela que está dentro de nossos corações, nosso templo particular, catedral própria de adoração à Deus, morada do Espírito Santo.


A igreja que temos hoje é especialista em mega eventos para crentes, sabe tudo de evangelizar os já evangelizados, aplica grandes somas para trazer pregadores em nome de um avivamento que devia arder no peito de cada um de nós e não no fervor da pregação deste ou daquele. Senão vejamos: Congresso da Juventude. Para quem? Jovens Cristãos! Aniversário da Congregação. Para quem? Para os congregados e demais congregações convidadas! Aniversário do Círculo de Oração. Para quem? Para o Círculo de Oração aniversariante e demais círculos convidados! Aniversário do Coral. Para quem? Igrejas e demais corais convidados!

A igreja que temos gasta, em nível de Brasil, apenas 5% para sustentar a obra missionária, menos de 10% nas obras sociais, e o resto é para construção e manutenção de templos e da máquina administrativa. A igreja que temos hoje gasta mais tempo atirando pedra nas co-irmãs do que combatendo contra o mal, gasta mais tempo em contendas e políticas internas do que no campo evangelístico, tendo mais o hábito da avestruz (enterrar a cabeça no buraco) do que o olhar de águia, que vê as coisas do alto e tudo decifra pelo poder do Espírito.

A igreja que queremos é aquela que ministra o louvor, e não se conforma com os preciosismos e shows de nossos “artistas”, mais preocupados com a imagem na mídia do que com a consagração à Deus, diante do enorme ministério que receberam. Entre cantar e ministrar o louvor na casa do Pai existe uma diferença maior do que sonha nossa vã filosofia! Mas quem é que ensina isso nos altares?

A igreja que queremos é aquela onde os diáconos saibam que cabe a eles descobrir quantos necessitados existem em nossa paróquia, organizar campanhas e prover o sustento das viúvas e órfãos. Alguém já disse ao corpo diaconal que a função dele não é meramente ajudar a servir Santa Ceia uma vez no mês?

A igreja que queremos é aquela em que os presbíteros (anciões), sejam consagrados para orar com imposição de mãos e ungir com óleo os enfermos, e não para ocupar cargos administrativos ou enfeitar os púlpitos dos templos. Alguém já disse que presbitério é para isso? Qual foi a última vez que nossos presbíteros visitaram o hospital ou um asilo?


A igreja que queremos é aquela em que os evangelistas levantam cedo vão a luta, visitando, pregando, informando, convidando, ou seja, evangelizando! Trazendo almas para o aprisco do Senhor. Hoje nós temos mais evangelistas pastoreando do que evangelizando, e ficamos preocupados com a estagnação! Qual foi a última vez que nossos evangelistas colocaram o pé no barro? Hora, a engrenagem tem que ser azeitada com o óleo puro, cada peça deve ocupar o seu lugar, ou a máquina não vai a lugar nenhum.

A igreja que queremos precisa de pastores nos altares! Como assim? Pastores, sim senhores! Com atributos pastorais. Quais? Em primeiro lugar amor, mas não este que anda por aí, que pode ser tudo, menos o amor cristão. O amor em pauta aqui é aquele da Bíblia. Lembram? “Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o címbalo que retine. E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria. E ainda que distribuísse todos os meus bens para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria. O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não se vangloria, não se ensoberbece, não se porta inconvenientemente, não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não suspeita mal; não se regozija com a injustiça, mas se regozija com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor jamais acaba... (I Coríntios 13:1-8)

Outros atributos, por mais nobres que sejam, não terão maior importância que o amor, pois com ele a mensagem será de carinho, de aconchego, de passar óleo nas feridas, de ninar, de dar colo. Ser pastor é ir no meio dos espinhos buscar a ovelha perdida, é sofrer nos pés os calos dos pedregais, é usar o cajado com sinete para guiar e não para dar na cabeça das ovelhas. É pregar sorrindo no culto de domingo, mesmo sabendo que alguém se prepara para o beijo de Judas na segunda-feira.


Ser pastor é chorar sem se conformar com a igreja que temos, e lutar diuturnamente para a construção da igreja que queremos!
Pr. Ari Pinheiro

quinta-feira, 20 de maio de 2010

quinta-feira, 13 de maio de 2010

UM HOMEM QUE CANTA TRISTE – Ari Pinheiro

Quando alguém canta a saudade
Que habita dentro de si

É porque a mente voa por aí

Igual as plumas de verão

Que levemente se vão

Buscando novas paisagens
Querendo as velhas imagens
Que havia em suas paredes
Fontes que matavam a sede
E que o tempo fez miragem...




As novidades são nada
A quem amou com paixão
E escolheu a solidão
Como parceira de estrada
Não tem rumo a caminhada
Tudo é ponto de partida
Se a alma está ferida
E é profundo o ferimento
A lembrança é o fermento
Que azeda o pão da vida...




Não há rosas no jardim
Não há sumo nas maçãs
E o dourado das manhãs
É mortalha encomendada
Para uma morte anunciada
Neste andejar estreito
O que parece não ter jeito
É porque realmente não tem
E é melhor não ser ninguém
Que ter nada dentro do peito...


Quando alguém canta a saudade
Curtido de mágoa e dor
E chora a ausência do amor
Que voou do coração
Ninguém entende a razão
Para tão cruel tormento
Não entendem que o alento
Pra quem anda nesta estrada
Está nos braços da amada
A razão de seu lamento...



De nada valem afagos
E violas enluaradas
Festas e madrugadas
Com gente sorrindo perto
Se na alma há deserto
É longínquo o horizonte
Sobram tristezas aos montes
A própria vida se ausenta
E a alma morre sedenta
Com os pés dentro da fonte!




Quando um homem canta triste
É melhor deixar cantar
Que este canto é um chorar
Que brota do coração
Só ele entende a razão
De soltar o pranto ao léu
Debaixo do seu chapéu
Só ele sabe o que existe
Pois um homem que canta triste
Está mais perto do céu!


terça-feira, 11 de maio de 2010

Minha mãe, eu e o picador de lenha - Pr. Ari Pinheiro

Eu era criança E via minha mãe lançar mão do machado
E ir-se rachar lenha...


Ficava imaginando o que pensava
O que falava com Deus
Enquanto brandia o machado
Cada vez mais forte contra os troncos
De cerne cujo destino era o fogão...


Hoje eu sei que ela não picava lenha
Mas a cada machadada
Ia picando suas mágoas
Suas desventuras
Suas lutas...


Parecia perguntar ao Senhor
Porque tão pesado fardo
Para um corpo tão frágil...
Se algumas queixas sobravam
Vinham com as achas
E viravam fumaça no fogão...

Um dia também fui ao picador de lenha
E aprendi a deixar lá
Minhas raivas de adolescente
Minhas angústias
Minhas incertezas...


Meu primeiro psicólogo
Foi o picador...

Um dia dei a última machadada
E me fiz de viagem para o mundo...
Troquei o picador pelos comprimidos
De Diazepan, Hidantal e outras drogas
Que não tinham o mesmo efeito
Do velho picador de lenha
Da minha infância...

Foi assim até o dia em que Jesus me resgatou
E trocou todos os meus fardos
E comprimidos pela doçura
de sua mensagem...


Hoje eu sei que o velho picador me preparou
A mente e o corpo
Para enfrentar as lutas de agora...
Só hoje posso entender como minha
mãe venceu sem psicólogos ou remédios...

O velho picador de lenha
Continua ditando mensagens
Pelos recantos da memória
Enquanto Jesus Cristo sara nossas feridas
Com o seu sangue remidor...


Hoje, nem remédios nem picador,
Só a palavra de Deus
E Seu infinito amor
Substituem o som do velho picador!

segunda-feira, 10 de maio de 2010

DESOLAÇÃO

(Ari Pinheiro)

Hoje sem querer escutei teu choro
Senti o gosto de tuas lágrimas
Mesmo aqui, tão distante...
O vento andarilho me contou
Dos tremores do teu corpo
E me mostrou as feridas
De um coração que sangra...


A praia deserta me mostrou passos antigos
De um tempo velho
Quando que ainda caminhavas comigo...


Então a minha dor misturou-se com tua
E eu me contorci e chorei
Prostrado sob a luz da lua...


Chorei as lágrimas tuas
Tremi os tremores teus
E do teu coração as feridas
Abriram chagas no meu...


Hoje, sem querer
Recordei nossos amores
E entendi por que nos meus versos
Nunca mais nasceram flores
É por que minha alma anda estéril
Assolada por nossas dores!!!

sexta-feira, 7 de maio de 2010

DE ONDE VIVE A SAUDADE

 (Ari pinheiro)


Queres realmente saber do que sinto falta?
Saber de meu mais íntimo anelo?
Posso contar-te
Mas não podes ajudar-me
Já que a minha saudade
É de uma pátria distante
Encravada no coração do universo...
Por isso meu canto...




Deus te abençoe, dizem-me alguns
Seguros de que sabem do que falam...
Mas sinto logo a insegurança
Que transmitem
Esses lábios quando se calam...
Onde não existem oceanos
De nada valem navios
Também não se encontram provisões
Dentro de silos vazios...


E de que vale um céu estrelado
Numa noite de neblina?
E paisagens exuberantes
E noites enluaradas
A quem tem pernas dormentes
E traz retinas nubladas?
Ninguém pode matar a sede
Em fontes esturricadas...


Deus te abençoe, dizem-me alguns
Em vocábulos claudicantes...
Mas pouco sabem de Ti
Pois mais se assemelham a farsantes
Marujos empedernidos
Da nau dos ignorantes...
Esta que muitas vezes
Navega a frente da frota
Insensata capitânia
De fronte erguida
Que por ter bússola partida
Expõe todos à bancarrota!


Deus te abençoe, dizem-me alguns
Sem muita convicção...
Pois na faina de ditar rumos
Já perderam a direção
Guiando rebanhos a esmo
Por estepes ressequidas
Esquecidos que o Rio da Vida
Está dentro da gente mesmo;
E que Teu pasto ondulante
Pelo vento da monção
Nos conforta e nos sacia
E reverdece todo o dia
Nos campos do coração...


Deus te abençoe, dizem-me alguns
Com olhar indagatório
Como se este meu anelo
Fosse um desejo ilusório
Mal sabem que o incensório
Que perfuma os dias meus
Vai demarcando a estrada
Pra minha eterna morada
Esta terra desejada
Que existe além do véu
Meu destino de verdade
Onde vive a minha saudade,
A pátria grande do céu!