sexta-feira, 7 de setembro de 2007

Ana Paula Valadão


Ainda me lembro daquela madru gada, em outubro de 2001, quando o Senhor falou ao meu coração sobre Seus planos para nós e nossa nação. Foi a primeira vez que vi, ainda que de relance, esse lindo projeto de Deus para o Brasil. A partir daquele momento nossas viagens e ministrações tomariam um novo rumo. O propósito era agora o de reunir pessoas de cada região, e de todo o país, para clamarmos a Deus pela nossa Terra. Um clamor de arrependimento pelos pecados, de volta, de retorno para Deus, e de restauração e cura, baseados na promessa de II Crônicas 7:14:

“Se o meu povo que se chama pelo meu nome, se humilhar, orar e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra”.

Desde então, temos feito isso com todo o nosso coração. Confesso que muitas vezes quase esmorecemos, pois as batalhas foram muitas, e o desânimo tentou nos dominar. Afinal, crer, como o fez Abraão ao acreditar na promessa de que Deus lhe daria um filho ainda que seu corpo já estivesse amortecido, não é algo fácil de se fazer. Olhamos para o Brasil, a princípio muito animados. Os anos foram se passando e a expectativa de mudanças significativas parecia não se tornar realidade. Ao invés disso, vimos nos últimos anos a desesperança tomar conta do nosso povo, que diante dos próprios olhos assistiu a um espetáculo de corrupção, injustiça e violência.

Mas o nosso Deus sempre teve misericórdia de nós. Ele nos levantou quando caímos, nos fortaleceu quando ficamos fracos, e estamos aqui, com ânimo novo, prontos para prosseguir na nossa tarefa. Já passamos por várias cidades e estados brasileiros, e por onde fomos vimos a mão de Deus nos provando que estávamos fazendo o que Ele queria. Obedecemos às estratégias de oração, jejum, consagração, e também promovemos a unidade do Corpo de Cristo em cada cidade, reunindo lideranças e igrejas de todas as denominações em prol das gravações. Os frutos, através de testemunhos que vemos e ouvimos, nos encorajaram a continuar pagando o preço, e acreditando que não vamos apenas para “gravar um CD”, mas para profetizar vida ao vale de ossos secos. Temos visto o exército se levantar! Aleluia!

Este ano, debaixo de uma forte convicção do Espírito Santo, gravaremos em Belém, no estado do Pará. O norte do Brasil será o alvo a ser atingido pela glória de Deus, por meio de orações e lágrimas de intercessores de todo o país, que se unirão a nós nesse propósito profético. Construiremos um Trono de adoração ao único Deus verdadeiro, e cremos que todos os demais tronos ruirão. Somaremos esforços à Igreja do Senhor naquela terra, e veremos grandes vitórias. A porta de entrada da Amazônia será aberta e escancarada para levar cura e restauração a todo o norte do país.

Além de vermos em Belém do Pará este portal profético para toda a Amazônia, o que abençoará o Brasil, enxergamos o propósito divino em levar a Sua glória para as nações a partir de Belém. Deus quer abençoar o mundo inteiro através do Brasil, e a cidade de Belém tem um papel fundamental neste plano divino. A Floresta Amazônica é considerada o pulmão do planeta, lugar da maior biodiversidade do mundo, contendo também o maior volume de água potável do globo terrestre. Isso é tremendo! Cremos que seremos despertados para alcançar os povos ainda não evangelizados dentro da própria Amazônia, como os indígenas e os ribeirinhos, e também seremos enviados a alcançar até os confins da Terra.

Por isso, deixo desde já a convocação para que você se una a nós em oração, e também planejando estar presente nesta cidade tão linda que é Belém do Pará. Veremos nesta terra, banhada pelo Atlântico, e cercada por todos os lados por rios caudalosos, as águas do Espírito de Deus trazendo cura, vida e restauração para todo o nosso país e nações do mundo.

Crendo, mesmo que contra a esperança, pois Aquele que fez a promessa é fiel,

Ana Paula Valadão Bessa
Ministério de Louvor Diante do Trono

Nenhum comentário: