quinta-feira, 30 de agosto de 2007

­Vinhos nos tempos do novo testamento!!!!

No AT bebidas fermentadas nunca deviam ser usadas na casa de Deus e um sacerdote não podia chegar se a Deus em adoração se tomasse bebida embriagante(Lv.10*9)Jesus cristo foi sumo sacerdote de Deus no novo concerto (Hb-3.1**5.1.10) O FERMENTO NO ANTIGO TESTAMENTO ERA CORRUPÇÃO E TOMAR VINHO COM FERMENTO ABSORVIA ESTAS CORUPÇÃO. NO TOCANTE A ISSO as escrituras afirmam que o corpo e o sangue de Jesus não experimentou corrupção (sl 16.10 At2.27**13.37) vinho grego(oinos) quando Zacarias estava perante o senhor a bíblia diz que foi sorteado no turno sacerdotal os sacerdotes eram sorteados neste período não podiam se achegar ao vinho (hb=yayin) termo genérico usado 141 vezes no at que significa bebida fermentada com álcool!!!!!! E o sacerdote só podia se achegar ao vinho no período que não estava ministrando ou seja no seu turno sacerdotal a bíblia diz que somos sacerdotes eternos (1pe 1.9) ou seja não há tempo de nos achegarmos ao vinho pois somos templo de Deus e temos que no encher do ESPIRITO e não do vinho!!(Ef(5.18) e PV 23 .30 AO 32)!
21/08/2006 07:21
Vinho, hoje em dia, é invariavelmente entendido a ser uma bebida alcoólica. Muitas pessoas pensam, automaticamente, que qualquer "vinho" mencionado na Bíblia tinha um conteúdo significativo de álcool. Mas, isso não é verdade.

"Vinho" na Bíblia é o produto da uva. Freqüentemente se refere a uma bebida alcoólica semelhante a tais bebidas hoje. Em tais casos, o vinho é descrito como causador de muito sofrimento, e como algo que conduz homens a cometer diversos pecados vergonhosos. Deus claramente proibe o uso de tal vinho, e dá bons motivos para não bebê-lo. O uso de bebida forte pelos sacerdotes ativos no tabernáculo foi proibido, pois eles precisavam discernir entre o certo e o errado, e tinham a responsabilidade de ensinar a palavra de Deus ao povo (Levítico 10:8-11). Sacerdotes de hoje (cristãos ¬ 1 Pedro 2:5) têm o mesmo motivo para abster-se totalmente de bebidas alcoólicas, exceto nos permitidos usos medicinais (1 Timóteo 5:23). Não era para reis beberem, porque precisavam usar bom
senso e juízo (Provérbios 31:4-5). A justiça continua sendo um aspecto importante da vida de cada servo fiel ao Senhor (Filipenses 4:8). O uso de bebidas alcoólicas é geralmente condenado na Bíblia (Provérbios 20:1; 23:29-35; Gálatas 5:21; 1 Pedro 4:3; 1 Coríntios 5:11; etc.).

Mas, a palavra "vinho" é também usada na Bíblia para descrever o produto não fermentado da uva, o que nós chamamos suco de uva. Pode ver isso em casos onde as mães o deram aos bebês (Lamentações 2:11-12) e onde é considerado uma bênção de Deus (por exemplo, Oséias 2:8-9). Usando a palavra "vinho" em dois sentidos, Jesus diz em Marcos 2:22 que vinho novo rompia odres velhos (já esticados e endurecidos). A expansão de fermentação natural estourava os odres velhos.

Da mesma maneira que nossa palavra "bebida" tem que ser entendida no contexto (poderia ser água, refrigerante, suco, cerveja ou vodca, dependendo do contexto), o sentido de "vinho" nas Escrituras tem que ser determinado pelo contexto.

Compreendendo esse fato, isso o ajudará a entender o primeiro!

Nenhum comentário: